Rinoplastia durante a adolescência

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a adolescência é o período que começa aos dez anos de idade e termina aos 20 anos, sendo definida como a fase de transição entre a infância e a idade adulta.

E, por ser uma fase cheia de mudanças hormonais, corporais e comportamentais, a adolescência leva a problemas de autoestima, devido aos questionamentos inquietantes dos garotos e garotas sobre seu corpo. Dentre várias queixas estéticas, uma das principais é relacionada ao tamanho e formato do nariz. Mas, afinal, plástica de nariz pode ser feita em adolescentes?

Plástica de nariz em adolescentes: questão psicológica

Os riscos de uma rinoplastia em adolescentes são os mesmos do procedimento executado em adultos: hemorragia, infecção, edemas, inchaço. Há ainda, o risco secundário por expectativas fora da realidade, e elas são facilmente imaginadas por causa da personalidade em formação.

Adolescentes que possuem problemas de autoimagem distorcida podem ter suas expectativas frustradas ao ver o resultado da plástica. Por isso, se houver distúrbios psicológicos é fundamental realizar tratamento prévio. Isso porque, a estrutura psicológica do adolescente deve estar preparada para encarar as mudanças em sua imagem. É fundamental, portanto, que a estrutura psicológica da adolescente esteja preparada para encarar e aceitar a mudança de imagem que a cirurgia irá proporcionar.

Solicitações no pré-operatório

Antes da rinoplastia, o cirurgião irá pedir exames pré-operatórios: raio X de tórax, eletrocardiograma, exame de sangue, entre outros. Também é comum solicitarem exames de imagem como a tomografia computadorizada, que pemite visualizar a estrutura nasal com grande riqueza de detalhes. Dessa forma, será possível "programar" com maior exatidão as mudanças estéticas e funcionais que podem ser realizadas no nariz.

Além desses, é positivo fazer a rinoscopia e endoscopia (ambos indolores) e o Dr. Wulkan sempre faz de rotina em suas consultas. Trata-se de exame capaz de detectar alteracoes internas do nariz, tal como desvio de septo, perfuração de septo, análise da válvula nasal, entre outras.

Para o Dr. Marcelo Wulkan, (médico desde 2002, cirurgião plástico e membro especialista e titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica com doutorado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP), membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), International Confederation for Plastic, Reconstructive & Aesthetic Surgery (IPRAS) e da American Society of Plastic Surgeons (ASPS), autor de livro sobre cirurgia nasal), é importante escutar o paciente adolescente e entender suas vontades reais antes da cirurgia e por isso que sua consulta demora no mínimo uma hora.

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados