Procedimentos

Recém-nascidos, Infantil e Adolescentes

 

CIRURGIA PLÁSTICA EM RECÉM-NASCIDOS, INFANTIL E EM ADOLESCENTES

A cirurgia plástica é capaz de trazer benefícios para todas as idades, inclusive crianças.

Os avanços das técnicas cirúrgicas e anestésicas tornam o procedimento muito mais confortável e seguro. Dessa maneira, é muito incomum ser submetido a uma cirurgia estética na infância e ter más lembranças; pelo contrário, o tratamento bem realizado pode trazer grandes benefícios no âmbito estético, desenvolvimento da personalidade da criança e satisfação dos pais.

Um grande exemplo é a plástica de orelhas que evita situações de chacota e apelidos pejorativos no período escolar. Ao tratar uma orelha de abano ou deformidade auricular, observamos que a criança continua sua vida de uma maneira mais natural pois não precisa mais se preocupar em esconder as orelhas que lhe vergonham.

O tratamento de queimaduras também proporciona ganhos incríveis. No entanto, o aspecto final da área acometida depende muito da extensão e profundidade da queimadura.

Em casos graves, cabe ao médico priorizar a saúde do paciente, deixando a estética para um outro tempo cirúrgico.

As queimaduras ainda são um desafio para a medicina e muitos trabalhos de regeneração de tecido estão sendo realizados pelo mundo. Isto limita muito o tratamento estético, tornado difícil restaurar por completo a área tratada sem deixar seqüelas leves ou até mesmo deformantes.

Outra cirurgia plástica comum realizada em crianças é o tratamento de cicatrizes de aspecto inadequado. A correção de cicatrizes traz melhora no aspecto estético e funcional. Dessa maneira, podemos corrigir contraturas causadas pela cicatriz e torná-las quase imperceptíveis. No entanto, a qualidade final do tratamento depende dos seguintes fatores: hereditariedade, raça, local e extensão da cicatriz, aspecto nutricional, doenças e cuidados pós-operatórios adequados.

O Dr. Wulkan também trata de urgências para suturar ferimentos da face ou corpo, assim como cuidados imediatos de queimaduras.

Em casos de doenças dermatológicas e vasculares (ex: mal-formações vasculares, hemangioma, tumores,...), o paciente terá o suporte multidisciplinar de nossos especialistas da área. Após estudo individualizado, o Dr. Wulkan vai expor sua opinião aos pais com os possíveis tratamentos.

Cirurgia de reconstrução é realizada de urgência ou eletivamente. Sempre que necessário, o Dr. Wulkan terá um especialista na área a ser operada para trazer mais segurança ao procedimento. Nos casos de reconstrução nasal estética , todos os procedimentos serão realizados pessoalmente pelo Dr. Wulkan, com exceção da técnica microcirúrgica.

Estamos à sua disposição para consulta a fim de esclarecer dúvidas e proporcionar o mais moderno tratamento da plástica infantil.

O sucesso da cirurgia está diretamente relacionado com a habilidade do cirurgião, avaliação criteriosa da saúde da criança e pós-operatório adequado. É esperado que os pais ou responsáveis pela criança compartilhem as expectativas da cirurgia e histórico médico. No final da consulta, serão solicitados exames pré-operatórios e avaliação de outros especialistas, se necessário.

O pós-operatório da cirurgia será explicado em detalhes. No final da consulta, o paciente recebe informativos e/ou livro de autoria do Dr. Wulkan que contém informações detalhadas sobre todos os passos necessários da cirurgia que irá realizar. Com as informações sobre sobre o procedimento, preparo da cirurgia, cuidados pré e pós-operatórios lidas com antecedência, pode-se ainda voltar em consulta ou tirar as dúvidas pelo telefone diretamente com o Dr. Wulkan. É imprescindível que o paciente cumpra as orientações pós-operatórias e retorne ao consultório sempre que solicitado.

O Dr. Wulkan encoraja os pacientes para que tragam suas dúvidas à consulta, a fim de que sejam esclarecidas com o máximo de acurácia possível. Como a consulta é rica em detalhes, pode-se trazer as dúvidas anotadas em papel de maneira a serem respondidas pontualmente como um “check list”. A dedicação que temos com o paciente é fundamental para trazer confiança e informação, ambas essenciais para se obter sucesso na cirurgia.

Entendemos que, de maneira geral, realizar uma cirurgia com poucos anos de vida ou na adolescencia pode trazer insegurança e medo. Por isso, temos uma equipe especialmente treinada com o conhecimento médico necessáro para trazer a maior segurança possível no procedimento. Além disso, vamos nos empenhar para trazer conforto emocional com atendimento e cuidados “paternais e carinhosos” pois sabemos que o bem mais precioso, ou seja, os nossos filhos, merecem o melhor em todos os aspectos.

 

DEFORMIDADE DE ORELHA DO RECÉM-NASCIDO: TRATAMENTO SEM CIRURGIA

 

Existem muitos tipos de alterações no formato e tamanho das orelhas. A orelha de abano é apenas um tipo das deformidades ou alterações das orelhas.

Você sabia que as alterações nas orelhas do bebê podem ocorrer em até aproximadamente 30% dos recém nascidos? Dentro dessa grande porcentagem, estão inclusas desde pequenas até grandes alterações das orelhas. Conforme a criança vai crescendo, a relação da cabeça com a orelha muda e, em alguns casos, a alteração da orelha na criança se resolve sozinha. No entanto, poucos pais sabem que podemos tentar tratar as deformidades da orelha no recém-nascido já nas primeiras semanas de vida sem cirurgia. Quanto mais precoce o início do tratamento com curativos americanos EARWELL, maiores são as chances de sucesso.

(IMPORTANTE: O Dr. Wulkan não tem qualquer relação comercial com o produto EARWELL. Até o ano de 2018, apenas essa marca americana de moldes de orelha mostrou benefícios comprovados por cirurgiões plásticos americanos e publicações científicas em revistas de cirurgia plástica. Esta técnica não representa exclusividade de tratamento do Dr. Wulkan).

Para muitos médicos e pais, entendemos que uma abordagem precoce na orelha de abano do bebe ou outro tipo de deformidade SEM CIRURGIA é muito vantajoso pois, caso contrário, deveremos esperar até 6-7 anos para realizar o tratamento por meio de cirurgia. Tratando o aspecto indesejado da orelha perto do nascimento, a criança evita o incômodo por parte dos amiguinhos na escola sem abalar sua auto-estima.

 

COMO É O TRATAMENTO SEM CIRURGIA DA ORELHA DE ABANO EM BEBES OU OUTRA DEFORMIDADE DA ORELHA?

 

A solução para alguns casos de orelha de abano em bebes ou outras deformidades pode ser por meio de moldes e sem cirurgia pois, nas primeiras semanas de vida, o neném ainda tem hormônio estrogênio circulando em seu corpo; o estrogênio, enquanto presente no bebê, deixa a cartilagem da orelha maleável e plausível de ser moldada.

Na opção sem cirurgia, o cirurgião plástico treinado utiliza moldes pré-fabricados que são aplicados na orelha do bebê sem causar dor. Existe um preparo da região ao redor da orelha para receber o molde EARWELL.

É importante salientar que o molde não trata orelhas pequenas ou muito grandes; o objetivo é tratar o formato da deformidade da orelha do recém-nascido. Além disso, é fundamental passar em consulta com seu cirurgião plástico para avaliar se o EARWELL tem indicação no caso específico da criança.

Não existe consenso entre usar ou não o molde para tratar a deformidade auricular no recém-nascido. Alguns pediatras orientam inclusive a “esperar e ver como vai ficar ao longo do tempo”. No entanto, isso faz sentido para você? A maioria dos cirurgiões plásticos pensa que se existe a possibilidade de se usar um tipo de curativo/molde na orelha que não tem contra-indicação e não causa dor à criança, o bom senso diz que vale a tentativa.

ATENÇÃO: Não existe promessa de resultados de que o uso dos moldes de orelha EARWELL vai ter sucesso em todos os casos de tratamento. Tudo depende da deformidade da orelha do recém nascido, suas características biológicas e cuidados com o curativo para que o mesmo não caia. Além disso, sabemos que quanto antes se aplicar o curativo, especialmente no final da primeira semana de vida, maiores são as chances de sucesso. O ideal é que seja aplicado antes de 3 semanas; quanto antes, melhor!

Geralmente, o molde é usado por 14 dias e então é trocado por outro. Usualmente, a cada 14 dias se troca o curativo novamente e, entre 4 e 6 semanas o tratamento termina.

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU TÉCNICA EXCLUSIVA OU PROMESSAS DE RESULTADO; CONVERSE SEMPRE COM SEU MÉDICO DE CONFIANÇA PARA TIRAR DÚVIDAS)

 

 

 

 

 

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados