Procedimentos

Procedimentos Faciais Estéticos

PROCEDIMENTOS FACIAIS ESTÉTICOS

Nos últimos anos, a procura por procedimentos não cirúrgicos tem aumentado por pacientes que querem resultados bons e não definitivos. Trata-se de uma boa opção para pacientes que não podem perder tempo com período de recuperação pois os resultados são sempre imediatos e naturais.

As atividades do Centro de Cosmiatria Plástico-Dermatológica são realizadas com precisão pelo Dr. Wulkan. Utilizando análise de proporções matemáticas e senso de equilíbrio facial, o tratamento é individualizado conforme a anatomia da face de cada paciente.

Prezamos pelo resultado do equilíbrio facial. Sem exageros, a beleza e jovialidade podem ser restauradas com mais naturalidade.

Os procedimentos estéticos dermatológicos podem auxiliar os pacientes que vão ser submetidos a um procedimento cirúrgico antes, durante e após a cirurgia plástica. O objetivo é ajudar o cirurgião minimizando complicações e melhorando os resultados obtidos. Em algumas situações (ex: quando o paciente não está apto clinicamente para ser submetido a uma cirurgia), a dermatologia pode ser capaz de fornecer resultados bem animadores aos pacientes.

Atualmente, existem pacientes que até mesmo preferem fazer procedimentos puramente estéticos não cirúrgicos, pois o tempo de recuperação é geralmente mais curto quando comparado à cirurgia plástica correspondente; no entanto, os resultados podem não ser tão evidentes e duradouros.

Converse abertamente com o Dr. Wulkan para saber qual o melhor procedimento estético para seu caso de maneira a lhe trazer satisfação quanto às seguintes variáveis:

  • expectativa na qualidade e intensidade de resultados
  • tempo de recuperação
  • durabilidade (qual o tempo teórico que o tratamento dura)
  • custos
  • naturalidade

 

SOFT LIFT / LIQUID LIFT / LIQUID FACELIFT

O SOFT LIFT®  e o LIQUID LIFT é um conceito em rejuvenescimento facial que não envolve cirurgia. Segue as tendências mais atuais que visa rápida recuperação e naturalidade dos resultados, combinando os benefícios da toxina botulínica tipo A que visa relaxar a musculatura, redefinir os contornos faciais e providenciar a volumização tridimensional da face com o ácido hialuronico, potencializando seus resultados.

Assim, o paciente que opta pelo SOFT LIFT®  e LIQUID LIFT tem sua face tratada globalmente. Rugas dinâmicas (aquelas que vemos quando movimentamos a face), rugas estáticas (aquelas que estão presentes mesmo ao repouso), sulcos (depressões na pele), áreas de perda de volume e alterações do contorno podem ser abordados em uma mesma sessão pelo Dr. Wulkan. Os resultados são mais efetivos, naturais e duradouros. Assim, oferecemos a opção de um tratamento de maior alcance sem perder seu caráter minimamente invasivo, ou seja, mais benefícios sem aumento de riscos ou do tempo de recuperação.

O Dr. Wulkan realiza o procedimento no consultório com rigorosos cuidados de anti-sepsia, luvas e materiais descartáveis. A seguir, a a região a ser tratada recebe anestesia sob a forma de creme.Também usamos instrumentos com gelo para aumentar a sensação de anestesia e evitar a formação de inchaço e áreas arroxeadas. 

O SOFT LIFT®  e LIQUID LIFT  se inicia com a aplicação da toxina botulínica, visando o relaxamento da musculatura. A seguir, é feita a modelagem da expressão, com o objetivo de preencher áreas que necessitam de mais volume, além de suavizar as linhas de expressão e sulcos criados por rugas. 

Devido a combinação das duas técnicas em um único procedimento, resultados são mais efetivos, naturais e duradouros.

A seguir, leia abaixo sobre cada um dos componentes usados durante o SOFT LIFT®  e LIQUID LIFT: preechedores e toxina botulínica.

PREENCHIMENTOS

A aplicação de substâncias em diversos níveis da pele (geralmente na derme) é utilizada para aumentar volume facial, aumentar os lábios, preencher bochechas cavadas, melhorar contorno da mandíbula, atenuar rugas, sulco e linhas de expressão. Os produtos usados sob a pele podem ser definitivos (ex: metaclilato) ou temporários (ex: ácido hialurônico). O Dr. Wulkan opta por não utilizar qualquer substância que seja de uso definitivo pois existem estudos e casos relatados de complicações com o uso dessas substâncias.

A técnica pode ser realizada no consultório e é rápida. O Dr. Wulkan usa cremes de anestesia sobre a pele aplicados 30 minutos antes do preenchimento e utiliza produtos que já contém lidocaína (anestésico) em sua composição de maneira que o procedimento se torna bem mais confortável.

Os preenchimentos podem ser indicados isoladamente ou após procedimento(s) cirúrgico(s) da face. Suavizam áreas de depressão acentuada, como as linhas de expressão verticais entre os supercílios, linhas finas ao redor da boca e o sulco nasogeniano (depressão situada entre o nariz e o lábio superior). Também são usados para restaurar o volume da face nas seguintes áreas: lábios, “maça do rosto”, mandíbula e cicatrizes profundas.

Utilizamos apenas produtos consagrados pela sua segurança em nível nacional e internacional. Optamos por substâncias que são absorvidos pelo corpo. Durante a consulta, o Dr. Wulkan vai explicar qual será a melhor opção para o seu caso. Poderá escolher entre: Restylane®, Perlane®, Juvederm®, Radiesse®, Voluma®,  Volbella®, Volift®, entre outros.

Apesar de ser produzido em laboratório, o ácido hialurônico é um componente natural da derme, raramente causa alergias e dispensa testes prévios. A duração do preenchimento varia de 8 a 24 meses, sendo necessária nova aplicação após este período.

A lipoenxertia estruturada, é uma outra opção de preenchedor temporário, embora teoricamente um pouco de gordura vai ficar por muitos anos no local aplicado. Este procedimento exige anestesia e outros cuidados para a obtenção do material gorduroso a ser injetado. É uma boa opção para aqueles que desejam livrar-se de gorduras extras em áreas localizadas e vão se submeter a uma lipoaspiração. A gordura retirada será então aproveitada para o preenchimento cutâneo e aumentar o volume de maneira tridimensional. Esta técnica é interessante especialmente em casos onde se precisa restaurar grande volume facial, inclusive do ponto de vista econômico ao paciente pois podemos pegar a quantidade de gordura necessaria que existe no paciente. Ou seja, não é cobrado "por ampola" de preenchimento; o preço da lipoenxertia estruturada é fixo, independentemente do quanto é aplicado.

Outra opção é usar um material definitivo (ex: metacrilato). Esta substância deve sempre ser aplicada mais profundamente e pode ser usada em maior volume. Alguns produtos comerciais necessitam de teste prévio por conterem pequena quantidade de colágeno em sua fórmula. O uso do metacrilato não é amplamente aceito por todos os médicos pois pode resultar em conseqüências devastadoras no seu local de aplicação, incluindo necrose (morte) de pele, alergia, formação de granulomas de corpo estranho, saída de pus, entre outras. O Dr. Wulkan não utiliza metacrilato e PMMA pois já observou alterações indesejadas desse preenchimento que necessitou de tratamento cirúrgico para sua retirada, vsito que não é eliminado/absorvido pelo corpo.

TOXINA BOTULÍNICA PARA RUGAS

A toxina botulínica do tipo A (ex: Botox ®) é produzida pela manipulação da bactéria Clostridium botulininium do tipo A. Ela é usada para reduzir a movimentação de certos grupos musculares da face responsáveis pela formação de algumas rugas de expressão, como as rugas finas ao redor dos olhos (“pés de galinha”), bocas e rugas da testa. Também é utilizado para o tratamento da hiperhidrose (aumento do suor em axilas, mãos e pés) e para minimizar o aspecto dinâmico das “cordas de violino” no pescoço de algumas pessoas.

A maioria dos pacientes relata que é perfeitamente suportável a sensação da picada, mas pessoas mais sensíveis podem utilizar um creme anestésico 30 minutos antes do procedimento.

O efeito começa a ser observado nas primeiras 48-72 horas e aumenta gradativamente nos 10 a 15 dias subseqüentes à aplicação, quando se estabiliza. O efeito do tratamento varia conforme a pessoa e a quantidade de substancia aplicada; em média, dura cerca de 3 a 6 meses. O procedimento pode ser repetido diversas vezes e, com a continuidade do tratamento, a duração do efeito pode aumentar.

A aplicação de toxina botulínica já é realizada há muitos anos e seus efeitos colaterais são muito raros. O Dr. Wulkan considera importante realizar a aplicação da toxina botulínica de maneira personalizada sem seguir “receitas” ou “padrões” universais. Afinal, cada pessoa tem sua necessidade particularizada visto que a força dos músculos da face e sua ativação é diferente para cada paciente. Por exemplo, os homens tem músculos mais fortes que a maioria das mulheres e portanto podem necessitar de maior concentração do medicamento. Outra situação comum é atender à necessidade (ou não) de se elevar a sobrancelha nas mulheres; é preciso cautela para não ficar artificial ou adquirir um aspecto mau humorado.

TOXINA BOTULÍNICA PARA DIMINUIÇÃO DO SUOR / HIPERHIDROSE

A hiperhidrose é uma condição na qual o indivíduo relata suor excessivo em algumas regiões de seu corpo.

Existe tratamento cirúrgico para cada caso mas pode envolver riscos e efeitos colaterais.

Para o paciente que se queixa de suor excessivo nas axilas, O Dr. Wulkan pode aplicar toxina botulínica diretamente na axila, num procedimento rápido e com pouco incômodo pois utilizamos creme anestésico para minimizar a sensação. O efeito dura entre 8 e 12 meses. Este procedimento em sido muito procurado em nosso consultório visto o benefício e auto-confiança que costuma gerar no paciente.

Suor excessivo nas mãos e pés também podem ser amenizados com a toxina botulínica.

LIPOENXERTIA ESTRUTURADA FACIAL / ENXERTO DE GORDURA

A lipoescultura facial é um procedimento que restaura o volume e contorno facial perdido com a idade ou doenças de pele.

O Dr. Wulkan utiliza a técnica aprendida na University of New York onde a abordagem ganhou refinamento e aprovação mundial. No Plastic Surgery Research Laboratory-Adipose Stem Cell Center da University of Pittsburgh aprendeu e escreveu artigo científico sobre a utilização de células tronco, em especial células de gordura. Dessa maneira, sente-se apto a aplicar na prática do dia a dia o conhecimento adquirido no laboratório. Um exemplo disso é a abordagem moderna da lipoescultura facial.

A lipoescultura facial utiliza gordura do próprio corpo do paciente (abdome, coxa, culote,...) para ser reaplicada na face e lábios em quantidades precisas. A gordura é processada durante o procedimento para que se retire o excesso de líquido mas mantenha a viabilidade das células gordurosas. Como utilizamos a própria gordura do paciente não existe a possibilidade de rejeição do material usado na cirurgia.

O resultado é por longo prazo e alguns estudos o consideram como “definitivo”. Embora isso possa ocorrer, 30-60% da gordura pode ser naturalmente reabsorvida pelo corpo da paciente. Outrossim, o aumento ou perda de peso também podem afetar o resultado final da lipoescultura facial com enxerto de gordura.

Os locais da face comumente abordados por esta técnica são: lábios, depressões, sulcos/expressões acentuadas na pele, áreas com perda de volume notório. O conhecimento anatômico da face possibilita ao cirurgião que o procedimento se torne seguro e com senso de estética.

Serão discutidas opções de anestesia e seus riscos. Possíveis complicações e intercorrências serão abordadas em detalhes.

O sucesso da cirurgia está diretamente relacionado com a habilidade do cirurgião, avaliação criteriosa da saúde do paciente e pós-operatório adequado. É esperado que o paciente compartilhe as expectativas da cirurgia e histórico médico. No final da consulta, serão solicitados exames pré-operatórios e avaliação de outros especialistas, se necessário.

O pós-operatório será explicado em detalhes. É imprescindível que o paciente cumpra as orientações pós-operatórias e retorne ao consultório sempre que solicitado.

O Dr. Wulkan encoraja que os pacientes tragam dúvidas na consulta que serão respondidas com o máximo de acurácia possível.

CELULITE (LIPODISTROFIA GINÓIDE)

Por ser uma tendência pessoal, característica das mulheres, a celulite não pode ser totalmente evitada. No entanto, algumas dicas podem ajudar:

  • Como a obesidade está relacionada com uma piora da celulite, evite estar acima do seu peso ideal. Dietas milagrosas não existem, o mais importante é fazer uma reeducação alimentar, mudando os hábitos que levam ao aumento do peso.
  • O sedentarismo não ajuda em nada. Escolha o exercício que você gostar mais. Caminhar ao ar livre, pedalar, ginástica, natação...
  • Cuide também do emocional. O stress leva a um desequilíbrio de todo o organismo, diminuindo sua vontade de se exercitar e, muitas vezes, a alimentação é utilizada como uma forma de compensar a ansiedade. Procure ter lazer e aumentar o seu contato com a natureza, atividade que sempre renova nossas energias.
  • Não fume! O cigarro dificulta a circulação do sangue, aumentando a retenção de toxinas e dificultando a oxigenação dos tecidos.
  • Beba bastante água (2 a 3 litros por dia). Isto estimula a função renal e a eliminação de toxinas.
  • Evite comidas com sal, pois aumentam a retenção de líquidos no organismo.
  • Seja avaliado por nosso dermatologista que decidirá qual o melhor tratamento para o seu caso. O tratamento consiste no uso de medicamentos tópicos e/ou por via oral (comprimidos) e procedimentos com diversos aparelhos como endermologia, carboxiterapia, pressoterapia, ultra- som, radiofreqüência, infravermelho, sendo muitas vezes realizada a associação de técnicas.
  • Em algumas situações, a lipoaspiração com lipoenxertia estruturada pode ajudar a minimizar a aparência da celulite moderada/grave com depressões locais, somando-se à técnica do subcision.

 

CICATRIZES: OPÇÕES DE TRATAMENTO

O acompanhamento das cicatrizes pelo cirurgião plástico e/ou dermatologista ajuda a evitar as temidas cicatrizes hipertróficas e quelóides. Cada período de fase de maturação cicatricial pode ser abordado de maneira distinta e, portanto, é fundamental que o paciente esteja presente no consultório médico durante todo o processo de resolução da cicatriz.

O Dr. Wulkan vai poder orientar massagens com cremes específicos usados para acelerar o amadurecimento das cicatrizes de forma ordenada das fibras de colágeno. O uso de triancinolona injetável (ou outro tipo de corticóide) dentro da cicatriz pode melhorar o aspecto elevado e pouco estético da mesma, além poder ajudar em sintomas como coceira e dor na cicatriz. O triancinolona atua inibindo a produção exagerada de colágeno pelos fibroblastos, determinando uma cicatriz mais plana e com cor mais parecida da pele ao seu redor. Pode- se associar placas de silicone sobre a cicatriz para “apertá-la” de maneira contínua com o intuito de reorganizar as fibras de colágeno que estão desalinhadas na cicatriz hipertrófica e queloidiana.

Quando a cicatriz está muito depremida, existe a alternativa de se ressecá-la com o intuíto de se criar uma nova cicatriz com monitoração de desenvolvimento ou elevá-la com volume po meio de preenchimentos (ex: ácido hialurônico) e lipoenxertia estruturada.

O laser também é uma das principais ferramentas no combate a cicatrizes inestéticas elevadas ou deprimidas (atróficas). Os melhores resultados são obtidos com o laser fracionado não ablativo.

Por fim, além de procedimentos estéticos de peeling e hidratação, a cicatriz “rebelde” e com grande probabilidade em resultar numa aparência desagradável, pode-se optar pela betaterapia. Esta abordagem terapêutica utiliza radiação em cima da incisão cirúrgica e é indolor. Sabe-se que para ser efetiva, a betaterapia precisa ser iniciada até 48 horas após a cirurgia, podendo ser repetidas pelo período sugerido por seu médico.

O cuidado das cicatrizes não deve ser feito apenas no consultório. O paciente deve ter uma dieta balanceada, rica em proteínas e vitaminas (especialmente vitamina C) pois o organismo precisa de nutrientes para poder se recuperar da cirurgia. Igualmente importante, é a proteção solar da área operada, para evitar que a mesma possa ficar escurecida e inestética.

CIRURGIA DERMATOLÓGICA ESTÉTICA

As cirurgias incluem desde tratamentos simples como a remoção de pintas, sinais, cistos, lipomas, unhas, quelóides, cicatrizes, biópsias de lesões suspeitas quanto técnicas especializadas como cirurgias do câncer de pele, cirurgia micrográfica de Mohs, cirurgias reparadoras, transplante de cabelos.

CIRURGIA MICROGRÁFICA DE MOHS

É um tipo de cirurgia para retirada de tumores de pele que utiliza exame microscópico das margens da lesão durante o ato operatório, evitando que se deixem restos de tumor no local. O objetivo é manter a eficácia e baixas chances de recidiva. Podem ser usadas em lesões recidivantes, lesões com limites mal definidos, ou que se localizam em áreas delicadas como ao redor dos olhos, boca, nariz e outros locais onde seja necessária a retirada mínima de tecido sadio como margem de segurança para não gerar deformidades estéticas.

CRIOCIRURGIA

É um procedimento no qual se utiliza nitrogênio líquido para congelar e destruir algumas lesões dermatológicas assim como promover uma renovação nos tecidos. Pode ser utilizado para tratamento de alguns tumores de pele superficiais e outras lesões cutâneas.

CURETAGEM (SHAVING)

É a remoção lesões superficiais  com o uso de um instrumento cortante para raspar a pele. É comum associar o shaving a cauterizações químicas ou eletrocauterizações.

DEPILAÇÃO "DEFINITIVA"

Vários tipos de laser e aparelhos de luz pulsada são utilizados na remoção de pêlos indesejáveis. Eles promovem uma lesão térmica na raiz do pêlos.

Remoção de pêlos é um conceito que deve ser bem entendido. A redução de pêlo pode ser parcial ou total, temporária ou permanente.

A redução temporária dura de 1 a 3 meses, dependendo da duração do ciclo do pêlo e da área tratada. Ela sempre ocorre após o tratamento com laser, mas não é permanente, devendo-se repetir o procedimento outras vezes.

A redução permanente é definida como uma grande redução no número de pêlos de maneira estável por pelo menos 6 meses pós-tratamento.

A depilação é feita em sessões para que o folículo piloso tenha tempo para se recuperar da lesão provocada pelo laser e reinicie um ciclo de crescimento normal, recebendo nova aplicação do laser e ficando cada vez mais fraco. A remoção de pêlos completa refere-se à ausência total de pêlos, o que é muito difícil de conseguir com o laser. O mais habitual após um tratamento é uma redução grande dos pêlos, geralmente seguida por uma repilação parcial, ou seja, é uma redução, porém não é ausência de pêlos. Os pêlos grossos e escuros são substituídos por lanugem (pêlos finos, mais claros e que não crescem, como os encontrados em crianças).

A remoção completa e permanente não é facilmente atingida pois exigiria a realização de múltiplas sessões. Vale lembrar que os pêlos claros e/ou finos não serão atingidos pelo laser.

DERMATOSCOPIA

Um exame para detecção e prevenção de câncer do pele; utiliza-se um tipo de lente com luminosidade que possibilita avaliar com mais detalhes pintas e lesões suspeitas de câncer de pele. É exame indolor e rápido, indispensável para todo médico cauteloso que monitora doenças de pele potencialmente graves, em especial o melanoma.

DERMOABRASÃO

É a técnica na qual se provoca esfoliação mecânica da pele com o uso de  lixas manuais ou elétricas para remover leões superficiais, cicatrizes, manchas e lesões pré cancerígenas. Pode ser utilizada também para tratar parcialmente alguns pigmentos de tatuagens, linhas profundas ao redor dos lábios e para ajudar a esculpir um nariz com excesso de glândulas sebáceas (rinofima).

DRENAGEM LINFÁTICA

O objetivo da drenagem linfática é reduzir o inchaço orientando que o líquido acumulado no espaço entre as células retorne ao organismo pelo sistema linfático. A drenagem linfática pode ser feita manualmente ou com aparelhos; na prática, a boa drenagem linfática é aquela em que a paciente observa redução imediata do inchaço e que sinta vontade de urinar (eliminando o líquido acumulado). O interessante é a técnica também aumenta o fluxo de sangue aos tecidos, fornecendo nutrientes e oxigênio aos mesmos.

Muitos cirurgiões plásticos elegem a drenagem linfática como uma grande auxiliadora de preparo pré-cirúrgico e para acelerar resultados após a cirurgia. Isto é notadamente mais comum em casos de lipoaspiração, cirurgias de contorno corporal e faciais pois acelera da capacidade de reabsorção de edema (inchaço), hematomas e equimoses (manchas roxas) após a cirurgia. Em cirurgias na face, o Dr. Wulkan explica pessoalmente como se deve fazer a drenagem linfática.

ENXERTOS E RETALHOS

São técnicas de complexidade variável e que dependem de grande conhecimento anatômico para transferir tecidos bons para áreas que perderam a pele. Muito utilizados no fechamento de cirurgias de câncer de pele ou em queimaduras.

EXCISÃO CIRÚRGICA      

É a retirada de uma lesão cutânea com margem de segurança que varia conforme o tipo de câncer. A lesão é analisada por exame de anatomia patológica para avaliar o tipo de lesão e nortear corretamente o tratamento. É uma técnica segura para tratar todos os tipos de câncer de pele.

ESTRIAS

Estrias são placas lineares e atróficas associadas a estiramento contínuo e progressivo da pele. São lesões de pele muito comuns e que, devido à sua aparência inestética, podem trazer importantes conseqüências psicológicas e piora da qualidade de vida das mulheres.

Embora exista uma propensão familiar, fatores como ganho de peso, gravidez, doenças que aumentam os níveis de corticóides, tratamentos a base de corticóides, na forma de comprimidos e até mesmo na forma de cremes, estão associados ao aparecimento das estrias.

Para prevení- las é importante evitar oscilações de peso e hidratar diariamente a pele. O tratamento é realizado com o uso diário de cremes, principalmente com ácido retinóico, e sessões de peelings ou laser do tipo fracionado não ablativo, sendo os melhores resultados obtidos com o laser. Ambos necessitam de várias sessões e a resposta ao tratamento é variável. Nossa equipe de dermatologia está apta para ajudar ao máximo na atenuação das estrias.

LASER "RESURFACING"

               

De todos os procedimentos não cirúrgicos utilizados para o tratamento do envelhecimento cutâneo, o que traz resultado mais drástico no que diz respeito às rugas e manchas da pele é o "resurfacing" com laser, que significa formar uma nova superfície através da utilização do laser.

Os lasers utilizados no "resurfacing" são usualmente de CO2 e de Erbium. O procedimento provoca a destruição e conseqüente remoção da parte mais superficial da pele, que será substituída por novas células, e o estímulo para produção de colágeno, melhorando as rugas e a flacidez.

No período de recuperação, a face fica toda recoberta por crosta com secreções que vão secando no decorrer dos dias. As crostas caem entre 15 e 21 dias quando uma pele renovada, rosada e lisa surge. A vermelhidão pode durar alguns meses para voltar ao normal, mas quando isso acontece o resultado é uma pele com menos rugas, manchas ou alterações de superfície, como ceratoses ou cicatrizes de acne.

Além de causar a renovação da epiderme o "resurfacing" estimula intensamente a formação de colágeno na derme o que ajuda inclusive na flacidez.

Apesar do ótimo resultado para a renovação da pele, o "resurfacing" não elimina sulcos profundos (ex: depressão que vai do nariz ao canto da boca) e excesso de pele pendente na face. Para melhorar os casos com grande sobra de pele e flacidez, apenas a cirurgia de face e cirurgia de pescoço são capazes de trazer o resultado esperado e duradouro. As depressões na pele e falta de volume podem ser melhoradas com reposicionamento das partes moles durante a cirurga de face e com o uso de preenchedores ou lipoenxertia estruturada.

LASER RESURFACING NÃO ABLATIVO

É um tipo de laser que, ao contrário do laser de CO2, não queima a pele, pois possui um mecanismo de refrigeração fazendo o laser penetrar na derme (camada profunda da pele) sem queimar a epiderme (camada superficial).

O laser não ablativo funciona provocando uma coagulação seletiva do colágeno, que atinge temperaturas ao redor de 42 graus. Um spray gelado é acionado quase simultaneamente ao tiro de laser, resfriando a epiderme e evitando queimaduras na sua superfície.

O período de recuperação é bem mais tranqüilo em comparação ao laser ablativo, mas os resultados também não são perceptíveis a curto prazo, sendo necessárias várias sessões para que sejam notadas melhoras nas rugas ou cicatrizes. A vantagem mais importante é que o procedimento na maioria dos pacientes causa apenas uma vermelhidão e inchaço leve intensidade na pele que duram cerca de dois dias não sendo necessário se afastar do trabalho. .

Como o laser não ablativo age principalmente na camada mais profunda da pele, não é a melhor opção para o tratamento de alterações de superfície, como asperezas, ceratoses actínicas ou manchas solares, mas estas quando presentes podem melhorar. Portanto, é indicado para o tratamento de rugas, cicatrizes de acne e estrias que são alterações que podem melhorar com a reorganização e estímulo do colágeno da derme, sendo para as estrias o tratamento que gera os melhores resultados.

Nossa equipe de estética e dermatologia vai poder auxiliar na decisão de qual tipo de laser é melhor para o seu caso, levando em consideração seu exame clínico personalizado, expectativas e tempo de recuperação.

LIMPEZA DE PELE

A limpeza de pele profissional é um procedimento que traz muita satisfação aos pequenos detalhes da pele que incomodam os pacientes. Ela remove as células mortas da superfície cutânea, desobstrui os poros, minimiza a aparência dos cravos (pontos pretos).

É importante ressaltar que caso o paciente deseja ser submetido à algum procedimento de face, a limpeza de pele deve ser feita no mínimo 15 dias antes da cirurgia, para evitar que a pele fique extremamente sensível de maneira a comprometer a execução da cirurgia.

MICRODERMOABRASÃO COM CRISTAIS

É uma esfoliação não cirúrgica pelo uso sobre a pele de microcristais de hidróxido de alumínio. Acredita-se que sua ação desencadeia uma inflamação aguda localizada, orientando que fibroblastos produzam colágeno para a regeneração da pele, diminuição de rugas finas e tratamento de manchas, estrias e até algumas cicatrizes.

MICROVARIZES E TELANGIECTASIAS

Os pequenos vasos indesejados (ex: nas pernas, perto do nariz,...) podem ser tratados com escleroterapia, mas também podem ser tratados com laser, luz intensa pulsada e micro-cirurgia de varizes.

PEELING QUÍMICO

O peeling químico é o uso de substâncias químicas ácidas sobre a pele para promover a remoção das camadas externas da pele e estimular a renovação celular. Entre as indicações mais comuns incluem melhorar as rugas finas, cicatrizes de acne, manchas, e lesões pré-cancerosas. Os peelings melhoram a textura da pele, clareiam manchas e atenuam rugas finas, além de estimular a renovação do colágeno que dá melhor firmeza à pele.

A profundidade da esfoliação depende do tipo e da concentração do agente utilizado.  Os efeitos dos ácidos sobre a pele podem aparecer mais rapidamente quando utilizados em alta concentração.

Os peelings químicos podem ser superficiais, médios e profundos. Os resultados são mais aparentes quanto mais profundos, assim como aumentam também os riscos e o desconforto durante o peeling e no pós-peeling. O peeling profundo só pode ser realizado sob sedação, devido à dor durante o procedimento, enquanto que alguns peelings superficiais são completamente indolores.

Bons resultados podem ser obtidos com peelings superficiais seriados, realizados a pequenos intervalos. A descamação subseqüente costuma ser fina e não chega a atrapalhar o dia a dia, podendo a pessoa voltar à sua vida normal no dia seguinte. Já os peelings médios, provocam descamação mais espessa e escura, necessitando de 7 a 15 dias para retorno à vida normal, porém são mais indicados quando a pele já apresenta asperezas como as ceratoses (lesões pré-cancerosas) e rugas mais pronunciadas. O peeling profundo é mais agressivo e provoca a formação de muitas crostas e os cuidados pós-peeling exigem o uso de curativos e a recuperação pode durar até um mês. No entanto os resultados são muito mais evidentes, com renovação importante da pele e diminuição até mesmo de rugas profundas como as rugas ao redor da boca e dos olhos.

SUBCISION (EX: PARA TRATAMENTO DE CELULITE)

É a técnica cirúrgica usada para amenizar rugas e sulcos da face, cicatrizes deprimidas e outras alterações do relevo cutâneo, incluindo a celulite. Pode ser necessário associar algum preenchedor para maximizar os resultados

TERAPIA FOTODINÂMICA

A terapia fotodinâmica é uma opção menos nociva de tratamento para alguns tipos superficiais de câncer de pele, lesões ásperas chamadas ceratoses actínicas que são  causadas pelo sol e também para rejuvenescimento e acne. São usadas substâncias fotoquímicas com fins terapêuticos que são aplicadas 1 a 2 horas antes do procedimento e a área a ser tratada recebe ação de uma luz por 20 a 30 minutos.

ULTRASSOM

O ultrassom é um aparelho de baixa freqüência que emite ondas ultrassônicas diretamente nas camadas da pele, resultando em fragmentação das células de gordura, acelerando sua eliminação pelo organismo. Com isso, o paciente pode ter pequena redução de medidas e não causa muita dor ao paciente se comparado à lipoaspiração tradicional. Acredita-se que também destrua traves de fibrose entre as células de gordura, um pequeno aumento da reabsorção linfática e circulação.

Importante notar que, assim como na lipoaspiração, os melhores resultados são notados em pacientes jovens, com pele grossa e de boa capacidade retrátil. Caso contrário, ocorrerá um excesso de pele pendente, pois o organismo não conseguiu promover a retração da pele sobre a área tratada pelo ultrassom. Nesses casos, a lipoescultura ou outros procedimentos de cirurgia plástica podem ser mais indicados.Em algumas situações, uma cirurgia de menor porte pode ser suficiente para restaurar a jovialidade de locais específicos da face, como por exemplo, a cirurgia das pálpebras e supercílios.

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados