Procedimentos

MD CODES

O que é o MD CODES para melhorar a aparência da face?

 

MD CODES é a abreviação literal para Códigos Médicos. Trata-se de uma maneira racional e sistematizada em que o médico habilitado (cirurgião plástico ou dermatologista) aplica substâncias absorvíveis em mais de 60 pontos e locais da face. Parte da abordagem inclui substâncias com ácido hialurônico, mas também se associa toxina botulínica em áreas de necessidade (tais como pontos da testa, ao redor dos olhos/”pés de galinha” e queixo). O MD CODES apresenta uma série de pontos criados para orientar os tratamentos com preenchimento no rosto, divididos em áreas anatômicas da face. Cada ponto é representado por letras e números, onde as letras representam a uma determinada área anatômica e os números indicam a sequência em que as injeções podem ser potencialmente aplicadas. Além disso, cada ponto segue uma técnica específica, variando do uso de agulha ou cânula, além da aplicação poder ser aplicada em plano profundo, médio ou superficial da face. Também a complexidade se dá pela técnica da aplicação em si, que pode ser deposito em gotas, linear, em leque, em bolus, etc. Portanto, percebemos que o MD CODES é extremamente complexo e preciso.

O MD CODES se inicia com uma avaliação em consulta na qual se faz o mapeamento do rosto através de pontos de sustentação da face, respeitando a individualidade de cada formato facial. A seguir, os produtos com diferentes densidades de ácido hialurônico são aplicados de maneira racional, seguindo os princípios do MD CODES. Com isso, o objetivo é reestruturar a face e ajudar na perda de volume, amenizando sulcos muito profundos e ajudando a trazer uma aparência facial mais harmônica e jovial.

 

ÁREAS DE AÇÃO DO MD CODES

 

O MD CODES pode ser executado em áreas como sobrancelhas, olheiras, região da têmpora e na frente da orelha, linhas de marionete, bigode chinês, mandíbula, queixo, lábios, bochechas, pés de galinha e testa. Mais importante do que simplesmente “aplicar”, a maneira racional na qual o médico aborda o paciente somada a técnica apropriada que fazem o MD CODES um procedimento muito aceito pela classe médica e pacientes.

 

MD CODES para diferentes idades e sexo

 

Cada pessoa envelhece de maneira diferente. Repare como, por exemplo, em muitas mulheres ocorre grande perda de volume e projeção do queixo ao longo de sua vida. Nos homens, observamos com frequência a presença de bolsas de gordura “pesando” no olhar, deixando-os com aparência de cansados ou tristes. Em ambos os sexos, a queixa de perda de volume e “rosto caído” ocorre ao longo dos anos.

Mesmo pacientes jovens podem se beneficiar do MD CODES pois tem características indesejáveis herdadas de seus pais. Devido ao fato de muitas pessoas não desejarem cirurgia, o MD CODES serve com uma boa alternativa para uma diversidade de casos. Como existem MD CODES específicos para rejuvenescimento, reposição de volume e tentar melhorar a beleza facial como um todo, a indicação médica vai depender da avaliação global da face e idade de cada paciente. Outro aspecto do MD CODES é que não apenas trata o que já está alterado mas pode servir também de prevenção da flacidez, rugas e perda de volume (ex: pacientes que perderam muito peso). Lembramos que são usadas substancias absorvidas e, portanto, o tratamento não é definitivo (varia conforme o produto utilizado, usualmente de 9 a 18 meses).

 

CONDUTA DO DR. WULKAN SOBRE O MD CODES

 

O Dr. Wulkan pensa que o MD CODES é uma boa alternativa para pacientes que estão insatisfeitos com sua aparência facial e não desejam a cirugia de rejuvenescimento facial tipo lifting facial ou ritidoplastia. Alguns aspectos, como o excesso de pele da pálpebra superior, por enquanto, não podem ser tratados com o MD CODES; nessa situação, a plástica de pálpebra ainda é a única opção para retirar o excesso de pele superior pendende no olho (blefaroplastia superior).

Muitas vezes, o paciente está insatisfeito com sua aparência mas não sabe verbalizar exatamente qual parte da face traz essa insatisfação. Ou mesmo, pode achar que uma determinada região da face está feia mas na opinião de um médico com experiência em estética facial, a razão pode ser outra ou mais complexa. Por isso, a consulta médica presencial é fundamental para que o cirurgião plástico ou dermatologista avalie o caso de maneira individual. Nenhum ser humano é igual ao outro e, geralmente, existem assimetrias na face. Isso tudo precisa ser observado na consulta e apresentado ao paciente. Eventualmente, a origem de uma insatisfação facial pode estar localizada em uma área diferente daquela que o desagrada. Por exemplo, se a intenção é suavizar o “bigode chinês”, a aplicação do produto pode ser feita na região das bochechas com o objetivo de estruturar essa área, suavizando como conseguencia a ruga do “bigode chinês”.

O Dr. Wulkan tem usado com frequência o MD CODES para otimizar resultados de rinoplastia. O motivo é que o resultado de uma rinoplastia bem feita pode ser prejudicado se as estruturas faciais não estiverem em harmonia. Imagine a seguinte situação: um paciente tem um nariz grande e com curva, além de ter uma pequena distancia entre o nariz e o lábio, queixo curto/retraído e maças do rosto sem volume; ou seja, toda a face é retraída e apenas o nariz é “grande”. Nesse caso, o Dr. Wulkan poderia operar o nariz deixando-o mais reto possível, mas a relação do “novo nariz” para com as estruturas próximas dele continuariam sem harmonia. A estruturação e volumização das maças do rosto além da abordagem do queixo, maxila, mandíbula trariam mais equilíbrio interno dentro da face. Essa abordagem pode ser por meio da cirurgia ou do MD CODES.

O investimento financeiro para a primeira sessão de MD CODES é usualmente maior do que a manutenção. O motivo disso pode ser equiparado a uma construção de um prédio. Antes de se construir, faz-se a limpeza do terreno, inclusão de vigas de sustentação, lajes de concreto e, apenas depois, sobem-se as paredes e são iniciadas as partes elétricas e hidráulicas. Essa gasto inicial é muito superior à manutenção periódica que é feita após a finalização da construção. De maneira similar, a primeira abordagem da face por meio do MD CODES, também costuma necessitar da inclusão de mais produtos para se obter o melhor resultado possível; a manutenção que se segue apresenta um custo mais reduzido.

O Dr. Wulkan ressalta que não existe a obrigação de se abordar outras regiões da face caso o paciente não esteja de acordo. Quem deve decidir o que fazer e o quanto investir é o paciente, cabendo ao médico apenas opinar em como ajudar. No entanto, o mais usual é o paciente seguir os conselhos do médico que o avalia pois a experiência dele conta em favor de um tratamento mais global e harmonioso. Pense que a relação do “todo” é mais bonito do que tratar apenas uma “parte”.

 

RESULTADOS DO MD CODES

 

O efeito “lift” aparece no mesmo dia e não demanda nenhum período de recuperação. Se ocorrer algum hematoma, o mesmo será absorvido ao longo dos dias e pode-se disfarçar com maquiagem. Os fabricantes do ácido hialurônico relatam que o mesmo estimula a produção de colágeno e, mesmo após a aplicação, é possível notar uma melhora na sustentação da pele. O MD CODES não é recomendado para gestantes e pessoas alérgicas a algum dos componentes da fórmula.

 

INFORME DO DR. WULKAN SOBRE O MD CODES

 

O Dr. Wulkan informa que não tem qualquer relação comercial com a empresa que vende os produtos de MD CODES. O Dr. Wulkan aprendeu o MD CODES diretamente em cursos com o criador da técnica. O Dr. Wulkan não visa com esse texto o sensacionalismo, concorrência desleal, autopromoção ou insinuar métodos diagnósticos/ terapêuticos exclusivos visto que o curso em questão está disponível para cirurgião plástico e dermatologista. A medicina é uma ciência em constante evolução e de verdades transitórias. Conforme novos trabalhos científicos vão sendo publicados, as condutas podem mudar, não significando que tudo que foi feito até então seja "errado". Leia mais sobre nossa abordagem médica ética em http://www.drwulkan.com.br/politica

 

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados