Procedimentos

Cirurgia de Mama / Mastopexia

CIRURGIA DE MAMA FEMININA / MASTOPEXIA / LIFTING DE MAMA

A mama feminina que perde a firmeza, contorno harmônico e possui assimetria exagerada pode resultar em grande desconforto e perda da auto-estima para a mulher.
Durante a vida da mulher, infelizmente existem situações que determinam modificações inevitáveis nas mamas. A gravidez, amamentação, “força da gravidade”, flutuações rápidas de peso e o avançar da idade são exemplos disso. Em mulheres jovens, a hereditariedade pode contribuir negativamente para aparência indesejada das mamas.
Em mamas de volume excessivo, a cirurgia não apenas modifica a estética da mama para o tamanho desejado pela paciente mas também pode ajudar em sintomas como dor nos ombros devido à pressão exercida pelo soutien e infecções de repetição no sulco mamário.

A experiência do Dr. Wulkan e sua equipe especializada em mama contam com as técnicas mais modernas e precisas para rejuvenescer, levantar e tornar mais firmes as mamas femininas.

 

O QUE É A CIRURGIA DE MASTOPEXIA?

 

 

A mastopexia ou lifting de mama é a cirurgia que traz de volta a beleza da mama feminina ao “remodelar e levantar” a mesma, restaurando o seu contorno e firmeza. A cirurgia pode também corrigir o excesso de volume mamário e a flacidez de pele redundante, preenchendo a região do colo da mama de maneira precisa. Toda a mama é reposicionada para cima, tornando-se com o aspecto mais jovial e firme.

 

 

A CONSULTA

 

 

O Dr. Wulkan está à sua disposição para avaliação com hora marcada em consultório. Na consulta, as mamas serão examinadas minuciosamente quanto ao tamanho, formato e qualidade da pele. Com isso, será discutido em conjunto com a paciente o local ideal para a aréola.

 

Para ser submetida à cirurgia de remodelamento mamário é necessário que a paciente seja avaliada para excluir doenças malignas e benignas da mama. O cirurgião plástico deverá pedir exame de mamografia e/ou ultra som das mamas como triagem inicial. Na eventualidade de alguma alteração, é prudente acompanhar o caso com mastologista a fim de trazer mais tranqüilidade e segurança à paciente. O Dr. Wulkan enfatiza que a paciente só será submetida a procedimento cirúrgico estético se não tiver nenhuma contra-indicação oncológica (possibilidade de câncer).

Grande parte da consulta médica será reservada para discutir possíveis riscos, intercorrências e complicações do procedimento nos mínimos detalhes.
O sucesso da cirurgia está diretamente relacionado com a habilidade do seu cirurgião, avaliação criteriosa da saúde da paciente e pós-operatório adequado. É esperado que o paciente compartilhe as expectativas da cirurgia e histórico médico. No final da consulta, serão solicitados exames pré-operatórios e avaliação de outros especialistas, se necessário.

O pós-operatório da mastopexia será explicado em detalhes. No final da consulta, o paciente recebe informativos e/ou livro de autoria do Dr. Wulkan que contém informações detalhadas sobre todos os passos necessários de quem deseja fazer o lifting de mamas. Com as informações sobre sobre o procedimento, preparo da cirurgia, cuidados pré e pós-operatórios lidas com antecedência, pode-se ainda voltar em consulta ou tirar as dúvidas pelo telefone diretamente com o Dr. Wulkan. É imprescindível que o paciente cumpra as orientações pós-operatórias e retorne ao consultório sempre que solicitado.

O Dr. Wulkan encoraja os pacientes para que tragam suas dúvidas à consulta, a fim de que sejam esclarecidas com o máximo de acurácia possível. Como a consulta para mastopexia é rica em detalhes, pode-se trazer as dúvidas anotadas em papel de maneira a serem respondidas pontualmente como um “check list”. A dedicação que temos com o paciente é fundamental para trazer confiança e informação, ambas essenciais para se obter sucesso na cirurgia.

 

DÚVIDAS COMUNS DE QUEM DESEJA A MASTOPEXIA OU "LEVANTAR AS MAMAS"

 

 

1- A plástica dos seios é definitiva?

 

Não. No decorrer dos anos, as mudanças naturais do corpo em decorrência da idade, hormônios, flutuação de peso, gestação, amamentação, força da gravidade e outros fatores alteram o resultado da cirurgia. Por isso, hábitos saudáveis de vida e acompanhamento médico são fundamentais para aumentar a durabilidade dos resultados. O uso de sutien também deve ser contínuo durante toda a vida.

2- É possível associar o implante na plástica dos seios para a redução e/ou lifting de mama?

Sim. Em algumas situações pode-se optar para utilizar um pequeno implante de silicone, mesmo quando o objetivo é reduzir o tamanho das mamas ou melhorar a textura e firmeza da mama. Geralmente, trata-se de casos em que o seio praticamente não tem mais tecido mamário, apenas tecido gorduroso. Portanto, para que a mama readquire a sua textura mais consistente, pode-se optar por utilizar um pequeno implante de silicone.

3- Como são as cicatrizes da redução e/ou lifting dos seios?

As cicatrizes variam em tamanho, coloração e qualidade. O tamanho vai depender da quantidade de tecido mamário/gorduroso a ser remodelado na plástica dos seios. A cor e qualidade do aspecto final da cicatriz variam conforme a raça, hereditariedade, genética, estado nutricional, cuidados pós cirúrgicos, entre outros fatores.

Nada substitui a consulta médica para tentar prever o tamanho e formato da cicatriz; ela pode ser apenas ao redor da aréola e vertical até o sulco mamário, em forma de “T invertido” ou “L”.

Geralmente, o tamanho e tipo de cicatriz são proporcionais ao grau de flacidez e queda da mama. Quanto maior a flacidez e queda dos seios, mais pele terá de ser retirada e maiores serão as cicatrizes. Sempre que possível, o Dr. Wulkan vai tentar adquirir bons resultados com a menor cicatriz possível para maior aceitação da paciente.

4- A cirurgia dos seios pode causar câncer de mama?

Não. É importante notar que a paciente só será submetida à plástica dos seios se todos os exames clínicos e de exclusão de câncer de mama forem adequados. Mesmo assim, existe a possibilidade de que os exames pré-operatórios não identifiquem uma lesão suspeita na mama. É por este motivo que em casos de dúvida, o cirurgião plástico deve sempre contar com mastologista experiente para auxiliar no procedimento, tornando a plástica dos seios mais segura para seus pacientes.

A eventual ocorrência de câncer de mama após a cirurgia pode acontecer e não tem relação direta com o procedimento prévio.

5- Qual a idade mínima para se fazer a cirurgia de seios?

É preciso que a paciente tenha pleno desenvolvimento das mamas para ser candidata à plástica dos seios. A idade varia para cada paciente mas geralmente isso ocorre a partir dos 15-16 anos. Assim como é preciso ter liberação do médico ginecologista/mastologista, também deve-se ter maturidade psicológica para responder adequadamente à cirurgia e autorização dos pais ou responsáveis.

6- Existem riscos e complicações?

A mastopexia é procedimento bastante seguro. No entanto, qualquer procedimento cirúrgico envolve riscos e complicações.

Tratando-se de um processo biológico individual, a cicatrização pode tornar-se espessa, alargada e/ou escura. As mamas podem apresentar assimetria; é natural que as mamas mudem de forma no decorrer do tempo, principalmente se houver mudança de peso.
Os esclarecimentos de todas as dúvidas devem ser feitos em consulta particular com o Dr. Wulkan. Dessa maneira, a paciente adquire mais confiança para realizar o lifting de mamas, mesmo sabendo de eventuais riscos que todo procedimento operatório traz.

7- Vale a pena fazer a cirurgia de redução/suspensão dos seios?

Acreditamos que esta cirurgia traz muito benefício na qualidade de vida. Pessoas que tem seios muito volumosos e com dor nas costas geralmente relatam melhora do desconforto. Se não ocorrer alívio, a paciente deve procurar auxílio ortopédico para avaliar outras causas da dor. Pacientes com mamas caídas e sem forma costumam ficar felizes com os resultados da mastopexia. A maioria dos cirurgiões plásticos relatam observar grande melhora na auto-estima dos pacientes e isso nos permite opinar em favor da mastopexia.

 

O PROCEDIMENTO

 

 

O lifting de mamas apresenta várias técnicas para restaurar a beleza da mama feminina. Todas as condutas cirúrgicas têm o mesmo objetivo: elevar a aréola e restaurar a forma e tamanho da mama com cicatrizes de melhor qualidade possível. A técnica a ser adotada vai depender basicamente dos seguintes parâmetros:

 

• tamanho e formato da mama.
• posição da aréola .
• elasticidade da pele.
• intensidade da queda da mama.
• aceitação dos tipos de cicatriz resultante da técnica adotada

Os tipos de cicatriz devem ser discutidos amplamente durante a consulta médica. Basicamente, existem três possibilidades:

• cicatriz apenas na aréola.
• cicatriz na aréola e verticalmente até o sulco mamário;
• cicatriz na aréola, verticalmente até o sulco mamário e no sulco mamário (“T invertido”). A cicatriz horizontal no sulco pode variar de tamanho e dependo do tipo de mama a ser operado. Se a cicatriz no sulco correr apenas para um lado, o aspecto final fica semelhante à letra “L”.

A tendência atual da cirurgia das mamas preconiza a menor cicatriz possível e de boa qualidade. No entanto, apenas durante a consulta médica será possível prever o tamanho da futura cicatriz.

Durante a cirurgia, o tecido mamário é remodelado artisticamente e a aréola é recolocada numa altura mais jovial. Se a paciente desejar, é possível reduzir o diâmetro da aréola no mesmo procedimento. Em alguns casos, podemos associar a inclusão de implante mamário para aumentar o volume mamário ou apenas trazer a sensação de uma textura mamária mais firme. Esta associação vem se tornando cada vez mais comum e seus resultados aumentam sobremaneira o formato da nova mama.

Após remodelar o tecido mamário com pontos internos, o excesso de pele é ressecado cuidadosamente e a aréola é reposicionada em local de maior harmonia possível. Para saber qual a sua melhor opção cirúrgica, você deve passar por avaliação médica na qual serão explicados todos os detalhes da cirurgia, orientações de medicamentos, instruções para o dia da cirurgia, informações sobre o tipo de anestesia, seguimento pós-operatório e eventuais complicações do procedimento.

O Dr. Wulkan tem preferência por não utilizar pontos cirúrgicos exteros na maior parte dos casos. Utilizamos cola biológica com uma tela cirúrgica que oclui a incisão de maneira que não é necessário retirar pontos no pós operatório e também permite que a paciente tome banho no dia seguinte da cirurgia. Portanto, a recuperação tende a ser mais confortável e segura, lembrando também da necessidade de usar o sutien cirúrgico no pós operatório pelo tempo determinado pelo Dr. Wulkan.

 

SOU UMA CANDIDATA PARA A CIRURGIA DE MASTOPEXIA OU LIFTING DE MAMA?

 

 

De maneira geral, podemos dizer que os seguintes pacientes podem ser submetidos à cirurgia de remodelamento mamário:

 

  • Adultos de peso ideal e estável.
  • Adultos com leve sobrepeso.
  • Pacientes não fumantes.
  • Pacientes que não estão satisfeitos com o formato e queda da mama, além de já ter as mamas completamente desenvolvidas.
  • Pacientes que queiram diminuir e/ou posicionar a aréola em região mais alta.
  • Pacientes que têm uma mama maior que a outra ou em alturas diferentes (assimétricas).
  • Pacientes que não estejam grávidas, amamentando ou com infecção em qualquer lugar do corpo.
  • Pacientes saudáveis que não tenham contra-indicações médicas para serem submetidos a procedimento cirúrgico.
  • Pacientes que não tenham doenças benignas ou malignas de mama. Caso afirmativo, devem ser avaliadas em conjunto com mastologista para liberação de procedimento simultâneo de plástica e retirada do tumor.
  • Pacientes sem dificuldades para cicatrização.
  • Pacientes emocionalmente estáveis, otimistas e realistas com a limitação do procedimento.
  • Pacientes comprometidos com uma maneira saudável de viver, incluindo alimentação e exercícios.
  • Pacientes que sigam à risca a orientação médica de cuidados após a cirurgia e disponíveis para ir ao consultório sempre que solicitados. É preciso estar preparado para eventual intercorrência, sabendo que sempre terá ao lado a presença e cuidados constantes do Dr. Wulkan.
O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados