Especialista em rinoplastia secundária pode ajudar a melhorar resultados

A Rinoplastia secundária, também chamada de plástica de nariz revisional, é focada na correção dos defeitos estéticos e/ou funcionais resultantes de uma primeira rinoplastia. A decisão por realizar esse procedimento irá depender do grau de insatisfação do paciente e, principalmente, da forma como se encontram os tecidos, da mucosa interna e da pele do nariz, já que esse detalhe será essencial para obtenção de uma "remodelagem" satisfatória.

Por ser uma cirurgia altamente complexa, é recomendável que ela seja executada de preferência por um cirurgião com ampla formação, com alto índice de sucesso em seu histórico profissional. Mesmo assim, é importante notar que não existe um "especialista em rinoplastia" na visão do conselho regional de medicina pois a plástica é indivisível.v

Plástica de nariz secundária – Como o cirurgião irá reverter os problemas?

No procedimento de correção, a principal meta do cirurgião será "esculpir" um nariz "individualizado", buscando a harmonia da estrutura nasal com o restante da face, considerando as expectativas de mudança e, ainda, a etnia do paciente.

Comumente, o cirurgião irá realizar vários estudos matemáticos relacionados às proporções do nariz, com outras estruturas da face, em uma consulta prévia. A partir disso, será criado o planejamento cirúrgico, com base em tais estudos e no senso "artístico-estético" do cirurgião.

O estudo da imagem no computador poderá ser usado para mostrar ao paciente todas as possibilidades de correção, conforme as condições reais e a conjuntura de fatores intrínsecos à estrutura nasal.

As possibilidades aprovadas servirão de referência para a plástica de nariz secundária. Dessa forma, as chances do paciente ter suas expectativas atingidas se tornam maiores, igualmente às chances de se obter resultados naturais.

Plástica de nariz secundária – Detalhes especiais

A complexidade da Rinoplastia Secundária é, de fato, elevada. O cirurgião deve deter, portanto, um conhecimento rigoroso tanto da anatomia e fisiologia normais, quanto das mudanças anatômicas e alterações funcionais na estrutura nasal.

A técnica cirúrgica deve utilizar recursos suficientes, para que seja possível aplicar os melhores procedimentos corretivos, em cada deformidade. A decisão por uma segunda rinoplastia deve ser feita com suma precaução, dentro da realidade apresentada pelo médico, de acordo com todos os fatores limitantes – espessura da pele, fibrose, deformidade, dentre outros.

Para saber mais sobre a Plastica de Nariz secundária, pode-se realizar uma consulta com o Dr. Marcelo Wulkan − membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), International Confederation for Plastic, Reconstructive & Aesthetic Surgery (IPRAS) e da American Society of Plastic Surgeons (ASPS) ou qualquer médico com foco de atuação estética nasal da sua preferência.

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados