Diferenças da Rinoplastia Estruturada e da Redutora

Considerada por muitos como uma das cirurgias que causa maior ansiedade e apreensão nos pacientes – devido a diversos maus resultados divulgados tanto no Brasil quanto no mundo – a plástica de nariz pode deixar algumas sequelas geralmente causadas por uma má avaliação e execução do médico responsável.

Todavia, quando feita da forma correta o procedimento cirúrgico pode trazer grandes benefícios ao paciente, seja na parte estética – melhorando a autoestima – quanto na parte funcional, o que melhora a respiração do indivíduo.

Existem diversos tipos de rinoplastia, tais como a secundária, estruturada, étnica e redutora. Como o nariz é a parte central da face responsável pela harmonia do rosto, é imprescindível que o profissional responsável utilize as técnicas mais indicadas para cada situação.

Rinoplastia Redutora

Conhecida também como plástica de nariz redutora, esse tipo de intervenção cirúrgica se baseava na remoção de cartilagens e redução do esqueleto nasal e muitas vezes resultava em um nariz arrebitado e pequeno. Entretanto, essa técnica não levava em conta as peculiaridades de cada rosto, e projetava atingir um certo padrão, o que gerava inúmeros resultados indesejados.

Nos primeiros momentos após a rinoplastia redutora, a cirurgia parecia correta, porém com o passar do tempo devido ao enfraquecimento da estrutura nasal,diversas sequelas eram provocadas tais como rebaixamento do dorso e distúrbios de respiração. Mesmo assim, temos no Brasil ótimos médicos que conseguem bons resultados através dessa técnica e portanto não pode ser considerada obsoleta.

Rinoplastia Estruturada

A fim de evitar tais sequelas e outros resultados indesejáveis foi criada e desenvolvida na década de 1990 nos Estados Unidos a rinoplastia estruturada. Esse tipo de procedimento visa manter a naturalidade do rosto e desenvolver uma maior resistência para toda a estrutura nasal.

Com resultados mais previsíveis e harmônicos devido a possibilidade de visualização de todo o esqueleto do nariz, esse tipo de intervenção pode ser primário ou secundário. O cirurgião modelará todas as cartilagens de forma simétrica, melhorando assim a o seu aspecto pois está "vendo" tudo que se opera.

E, para mais informações educativas sobre plástica de nariz estruturada, o Dr. Marcelo Wulkan publicou artigos e trabalhos científicos sobre o assunto. O Dr. Wulkan tem doutorado pela Universidade de São Paulo e é membro da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (ISAPS), International Confederation for Plastic, Reconstructive & Aesthetic Surgery (IPRAS) e da American Society of Plastic Surgeons (ASPS).

O Dr. Wulkan faz parte das seguintes entidades médicas:
Certificados
Certificados
Certificados