Você sabe a diferença entre ginecomastia e pseudo-ginecomastia?

 

rinoplastia estruturadaQual a diferença entre a pseudoginecomastia e a ginecomastia?

 

As duas se caracterizam pelo aumento do volume mamário nos homens. A diferença é que na ginecomastia clássica o aumento decorre de volume excessivo de tecido mamário e na pseudoginecomastia devido ao aumento de tecido gorduroso. Uma maneira fácil de saber a diferença é palpar o tecido que está atras da aréola. Se ele for duro e com densidade de uma “massa”, provavelmente é uma ginecomastia. Se ele for mole e difuso, é provavel tratar-se de uma pseudoginecomastia.

 

A causa da ginecomastia mais comum é alteração hormonal, mas muitas vezes não se consegue descobrir o motivo. Nos recem nascidos e puberdade, costuma ser comum e transitória. Existem medicamentos que causam a ginecomastia, tais como: remedios antiandrogenicos (tratamento de aumento de próstata), HIV, antibioticos, quimioterápicos, antidepressivos, anabolizantes, entre outros. Heroína, alcool e maconha també são causas conhecidas, assim como tumor em hipófise, hipertiroidismo, desnutrição, cirrose/alteração no fígado.

 

A causa da pseudoginecomastia é tudo que leva ao aumento de gordura no corpo.

 

Qual a frequencia na população da ginecomastia?

 

Não existe consenso na incidencia de ambas, mas aproximadamente 40-60% dos homens tem algum grau de ginecomastia. A pseudoginecomastia é menos frequente.


Quais são as cirurgias feitas nesses casos?

 

Antes de fazer cirurgia, é importante saber que existem exercicios fisicos que podem amenizar a pseudoginecomastia: mas atenção, o objetivo é tentar diminuir a parte da gordura e não ganhar massa muscular que pode piorar o aspecto da mama. Dietas orientadas por nutricionistas tambem são importantes no tratamento da pseudoginecomastia. Se mesmo assim não melhorar, a lipoaspiração da mama pode ajudar (desde que não ocorra a sobra da pele), especialmente nos casos de pseudoginecomastia.

 

Para a ginecomastia, existem medicamentos que podem melhorar a aparência. Se não estiverem indicados, a cirurgia pode ser feita da seguinte forma:

 

• Lipoescultura local: em casos onde a mama é decorrente apenas de acúmulo gorduroso. Ideal para ginecomastia gordurosa discreta.

• Lipoescultura local e cicatriz na parte inferior da aréola: realizada em pacientes com moderado volume de gordura e tecido mamário (sem excesso de pele).
• Lipoescultura local, cicatriz no sulco mamário e aréola: em situações onde existe mama de grande volume com excesso de pele, comumente observada em pacientes pós grande perda de peso. Se necessário, o tamanho da aréola pode ser diminuído. A disposição e tamanho da cicatriz podem variar de acordo com a quantidade de pele a ser retirada. De maneira geral, a cicatriz fica de qualidade aceitável visto o benefício do novo contorno do tórax masculino.

 

Depois da lipoaspiração, o paciente corre algum risco de acumular gordura nessa região novamente?

Sim, se ocorer aumento do peso corpóreo e fizer uso de dieta rica em gorduras.

 

É verdade que a ginecomastia/pseudoginecomastia pode alterar também o nariz e ser necessário realizar a rinoplastia?

Até o momento, não existem evidências que as alterações hormonais ou de aumento de gordura que atuam nas mamas dos homens podem prejudicar a aparência do nariz. Talvez as pessoas confundem a rinofima (alteração da espessura da pele que recobre o nariz) com o aspecto de “nariz gordo e sem forma”. Mas isso não é verdade; de qualquer maneira, a rinofima pode ser melhorada com rinoplastia em conjunto com procedimentos que diminuem a espessura da pele nasal.

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU PROMESSAS DE RESULTADO)