Saiba mais sobre ginecomastia

OS DIFERENTES TIPOS DE GINECOMASTIA

 

Ginecomastia, também conhecida como a presença de mamas em homens pode parecer como um “inchaço” do tecido mamário em meninos e homens causado geralmente por um desequilíbrio dos hormônios estrogênio e testosterona. Em alguns casos, a ginecomastia pode ser tratada com medicação, mas na maioria dos casos pode ser necessária cirurgia.

A presença de mamas nos homens pode causar um desconforto e diminuir a auto-estima. Alguns meninos podem ficar com vergonha de se vestir perto de outros colegas ou mesmo sofrer bullying. Assim como é difícil para um homem com nariz exagerado optar pela rinoplastia, ainda é uma decisão forte optar pela cirurgia. Devemos sempre ponderar o benefício versus os riscos e expectative. Por exemplo, numa rinoplastia, o risco costuma ser pequeno frente ao benefício e respiração que o novo nariz pode trazer. Na cirurgia de ginecomastia, muito realizada em diversos países, os benefícios são maiores que os riscos.

 

TODO TIPO DE GINECOMASTIA É IGUAL?

 

rinoplastia

 

Existem diferentes tipos de ginecomastia, de modo que os tratamentos não é o mesmo para todos os casos. Quando um jovem menino tem ginecomastia decorrente apenas do excesso de tecido mamário, uma pequena incisão ao redor da aréola pode diminuir o abaulamento na mama.

À medida que crescem, a ginecomastia tende a ser combinação de problemas de gordura e problemas do tecido mamário. Isto vai requerer uma combinação de lipoaspiração para remover a gordura e uma excisão para se retirar o excesso de tecido mamário.

Quando ocorre a aparência de seios pendurados e excesso de pele, não existe mágica… É necessário um procedimento excisional onde uma cicatriz seria visível no peito. Nós realmente tentamos evitar isso a todo custo, mas deve ser conversado abertamente com o paciente.

 


ginecomastia

 

A cirurgia de redução de mamas em homens tem suas particularidas, assim como ocorre em casos de rinoplastia e outras cirurgias altamente detalhistas. O cirurgião deve ser cauteloso para que não se retire tecido mamário de maneira exagerada pois pode criar “buracos” na região do tórax. O medico deve ter bom treinamento e ser credenciado pela SBCP.

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU PROMESSAS DE RESULTADO)