QUANDO FAZER ABDOMINOPLASTIA E LIPOASPIRAÇÃO DA BARRIGA

Uma dúvida comum para quem deseja fazer uma cirurgia para “tirar a gordura” da barriga é saber qual o melhor procedimento para melhorar isso: plastica de abdome (abdominoplastia ou lipoaspiração)?

A dúvida é pertinente pois às vezes não é consenso nem entre os médicos. É diferente quando se tem uma alteração no nariz e só resta fazer a rinoplastia ou quando a mama está caída e apenas a mamoplastia pode ajudar. Quando se trata de plastica na barriga, devemos avaliar algumas coisas para decidir a melhor abordagem.

 

GORDURA VISCERAL E GORDURA DO SUBCUTÂNEO

 

rinoplastia

No exame físico, feito pelo cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é possível determinar se existe excesso de gordura superficial (presente no subcutaneo) ou se a gordura está entre os órgãos da barriga (chamada de gordura visceral). Isso é absolutamente fundamental de ser diferenciado pois a conduta médica depende desse diagnóstico.

Se o cirurgião plástico observar que existe apenas gordura “dentro da barriga e entre os órgãos”, a abdominoplastia não está indicada. Nesse caso, deve-se optar por cuidados nutricionais e hábitos saudáveis de vida (pratica de exercícios, etc).

Por outro lado, se o médico observar que existe sim um acumulo e excesso de pele pendente de gordura na camada superficial da barriga, essa situação pode mostrar uma possível indicação de plastica de abdome. Antes disso, o médico ainda avalia as condições físicas de saúde e psicológicas do paciente.

 

 

 

 

SE A RINOPLASTIA PODE AJUDAR NA RESPIRAÇÃO, A ABDOMINOPLASTIA PODE AJUDAR TAMBÉM NO CONFORTO DO PACIENTE E AUTO-ESTIMA

 

rinoplastia secundaria com costela Alguns pacientes podem se beneficiar tanto do aspecto estético como funcional da abdominoplastia. Esse “duplo benefício” pode ser visto por pacientes que tem um grande peso e excesso de pele/gordura pendente no abdome. Essa “bolsa de gordura” pode dificultar a limpeza da região abaixo dela e até mesmo a deambulação. Cenários como esse são comumente vistos em pacientes com grande perda de peso e, na maioria das vezes, o convenio pode arcar (parcial/totalmente) com os gastos dessa cirurgia.

Vale lembrar que tanto a abdominoplastia como a lipoescultura do abdome não são cirurgias com o objetivo de perda de peso; são considerados exclusivamente cirurgias de contorno corporal.

 

 

 

QUANDO É POSSÍVEL FAZER APENAS A LIPOASPIRAÇÃO DA BARRIGA? E O TRATAMENTO DO MÚSCULO DA BARRIGA?

 

rinoplastia secundaria A lipoaspiração e/ou lipoescultura da barriga de maneira isolada só pode ser feita se não existe grande excesso de pele pendente e se a elasticidade da pele for boa de maneira que a retirada da gordura vai determinar uma retração adequada da pele. Caso essa situação não esteja presente, a abdominoplastia é a melhor opção.

Pacientes que tem diástase do musculo reto abdominal, usualmente decorrente de gestações ou grande aumento do volume abdominal, podem tratar o músculo ao mesmo tempo da abdominoplastia. A lipoaspiração isolada não trata esse músculo.

O importante é sempre ser avaliado em consultório por um cirurgião plástico para esclarecer suas dúvidas. Não use o doutor internet como fonte de suas informações. Não existe receita de bolo para todos os casos… Por exemplo, assim como a rinoplastia secundária e plastica íntima são altamente individualizadas,  a cirurgia de contorno abdominal também é rica em detalhes.

 

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU PROMESSAS DE RESULTADO)