Estudo relata que o uso de “spreader grafts” na rinoplastia ajuda no olfato

rinoplastia cheiro

Estudo publicado na revista internacional de cirurgia plástica Aesthetic Plastic Surgery (volume 40; número 1) comparou um grupo de pacientes que usou um enxerto de cartilagem chamado “spreader grafts” (veja mais sobre esse enxerto na área do Núcleo Avançado de Rinoplastia de nosso site) e outro grupo de pacientes que não usaram esses enxertos. Após o seguimento de mais de um ano decorridos da rinoplastia, observou-se de maneira estatisticamente relevante que o uso de “spreader grafts” ajudou os pacientes e sua função olfatória. Para a avaliação, foi utilizado o teste de “Sniffin Sticks”.

Este estudo vai a favor do que temos feito no Núcleo Avançado de Rinoplastia desde 2009 em grande parte dos nossos pacientes. O estudo relata como conclusão que: “as vantagens do uso dos spreader grafts inclue a expansão da válvula nasal interna devido a uma melhora no fluxo de ar na parte superior do nariz onde está a região do olfato (…).”

A rinoplastia engloba dezenas de técnicas e deve sempre ser personalizada. Por este motivo, muitos consideram a plastica de nariz como uma das cirurgias estéticas mais difíceis dentro do campo da cirurgia plástica.