Estudo do lábio e boca revelam 3 dados importantes sobre o envelhecimento.

Envelhecimento: como ocorre na parte dos lábios e bocas?

Os congressos de cirurgia plástica discutem bastante sobre o envelhecimento da face. Sabemos que a perda de gordura na área das maças do rosto, excesso de pele pendente e perda de volume ósseo contribuem para o envelhecimento da face. No entanto, pouco se sabe sobre como os lábios envelhecem.

No último estudo publicado na PRS, Tonnard e colaboradores focaram seu estudo nos lábios e área ao redor da boca. Afinal, os lábios revelam muito sobre a idade e os sentimentos da pessoa. O que faz os lábios parecerem mais velhos?

O lábio superior muda bastante conforme vamos envelhencendo. Nesse estudo de Tonnard, foram avaliados 200 pacientes por meio de ressonância magnética. Foram medidas distancias do lábio superior à base do nariz, espessura das partes moles do local e volume labial. Metade os pacientes tinham 20-30 anos e outra metade entre 60-70 anos.

rinoplastia secundariaO que se descobriu nesse interessante estudo? Seguem os principais achados!

-A distancia do lábio superior ate a base do nariz aumentou em 20% com a idade avançada.

- O volume do lábio superior diminuiu 20% tanto nos homens quanto nas mulheres com mais idade.

-A espessura do lábio diminuiu 55% nas mulheres e 75% nos homens entre 60-70 anos.

Agora já sabemos como o avançar dos anos afeta a beleza dos lábios e boca. A boa noticia é que já atuamos nessas áreas com uso de preenchedores, técnica MD CODES, lipoenxertia, laser, microagulhamento e muitas outras técnicas.

Sempre é bom lembrar que outras partes da face mudam com o envelhecimentos tal como o nariz que pode se beneficiar com a rinoplastia estruturada, as orelhas que podem necessitar redução dos lóbulos, o queixo/mandíbula que podem perder volume. Converse sempre com se cirurgião plástico e saiba o que pode ser feito no seu caso específico (não existe receita universal de tratamento…por isso, a consulta médica presencial é muito importante).

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU TÉCNICA EXCLUSIVA OU PROMESSAS DE RESULTADO; CONVERSE SEMPRE COM SEU MÉDICO DE CONFIANÇA PARA TIRAR DÚVIDAS)