Cinto de segurança e air bags “salvam a face”

rinoplastia secundaria

 

Estudo recente publicado no Journal of the American Medical Association confirma a eficiência do cinto de segurança e dos airbags dos carros para prevenir fraturas de face em acidentes.

Os pesquisadores disseram que o uso isolado do air-bag reduz em 18% a chance de fratura facial e o uso isolado do cinto de segurança reduz em 43%. O uso combinado dos dois dispositivos de segurança diminui em 53% a chanc de fratura da face (fratura dos ossos da face, tal como fratura do nariz por exemplo).

Entre 2007 e 2012, avaliaram 518.000 pacientes atendidos em centros de trauma decorrente de colisão de veículo e observaram quase 11% dessas pessoas apresentando fratura de algum osso da face, sendo a fratura do nariz e fratura dos ossos da aprte do meio da face a região mais comuns.

Em 2005, Dr. Wulkan publicou um estudo com resultados parecidos descritos acima (Wulkan M, Parreira JG Jr, Botter DA. Epidemiologia do trauma facial. Rev Assoc Med Bras. 51(5):290-5, 2005).

Além de alteração estética decorrente do trauma, podem existir alterações funcionais da fratura dos ossos. Ppor exemplo, uma fratura do nariz pode prejudicar a respiração e não basta o paciente desejar apenas fazer uma rinoplastia para melhorar a aparência. No momento inicial do trauma, o nariz e face estao muito inchados e o médico pode perder os parâmetros para se fazer um tratamento preciso além de que os tecidos inchados também podem deslocar pequenos pedaços de osso, dificultando a cicatrizacao correta e alinhada das estruturas acometidas.

Por isso, muitos casos de fratura de nariz que são atendidos na urgência podem, eventualmente, necessitar de retoque após 6-12 meses para obter um melhor resultado, usualmente com tecnicas de rinoplastia.

O importante é sempre termos cuidado ao dirigir e usar todos os equipamentos de segurança para nossa proteção e das pessoas que estão dentro do carro.