retirada de costelas Archive

16 mai 2018

COMO ANALISAR ESTUDOS DE RINOPLASTIA: UMA SUGESTÃO

RINOPLASTIA ESTRUTURADA E ESTUDOS RELACIONADOS Segundo o estudo publicado na revista científica de cirurgia plástica Aesthetic Plastic Surgery do autor Hafezi e colaboradores (Lower Lateral Cartilage Cephalic Malposition: An OverDiagnosed Entity), o posicionamento e ângulos das cartilagens
26 mar 2018

RINOPLASTIA PODE CORRIGIR OBSTRUÇÃO EM PAREDE LATERAL DO NARIZ, SEGUNDO ESTUDO

    Publicação no JAMA Facial Plastic Surgery de março de 2018, revela que o reparo da parede nasal lateral (a parte que fica do lado do nariz quando se vê de frente) pode ajudar com a respiração em
20 jun 2017

Dr. Wulkan leciona sobre rinoplastia em congresso de cirurgia plástica

AULA DE RINOPLASTIA EM CONGRESSO DE CIRURGIA PLASTICA Na semana passada, ocorreu em São Paulo a Jornada Paulista de Cirurgia Plástica, evento apoiado pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. O Dr. Wulkan foi convidado a participar da
17 abr 2017

American Society of Plastic Surgeons relata que no ano de 2016 os americanos gastaram mais de U$ 16 bilhões em implante de mama, rinoplastia, lipoaspiração e outras cirurgias plásticas.

O ANO DE 2016 FOI O “ANO DA PLÁSTICA” NOS EUA Os americanos ainda são os campeões no que se refere ao número de cirurgias plásticas realizadas. No ano passado, foram submetidos a centenas de milhares de
17 nov 2015

Dr. Wulkan apresenta aula no Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica de 2015

Dr. Wulkan é convidado a apresentar aula para médicos cirurgiões plásticos no Congresso Brasileiro de Cirurgia Plástica. A aula foi sobre discussão de caso de difícil correção na qual foi apresentada a abordagem de escolha do Dr.
11 set 2015

Dr. Wulkan participa do programa “Hoje em Dia” na Record para explicar sobre cirurgias com costela

Dr. Marcelo Wulkan explica em entrevista concedida ao programa “Hoje    em Dia” da TV Record que a cirurgia de retirada de costelas para fins exclusivamente estéticos não é aconselhável pois existem muitos riscos. Além disso, não existem estudos suficientes para garantir que essa