ASSOCIAÇÃO DE PROCEDIMENTOS PARA MELHORAR O ASPECTO DAS PÁLPEBRAS


LIPOENXERTIA COM BLEFAROPLASTIA INFERIOR

Em recente publicação do site www.cosmeticsurgerytimes.com, salientou-se a associação da aplicação de gordura (lipoenxertia) junto com a plastica das palpebras inferiores.  O médico do site ainda usa peeling de fenol para otimizar resultados mas adverte cautela pois trata-se de um peeling muito forte que pode resultar consequencias indesejáveis.

A associação de cirurgias de pequeno porte ou não muito demoradas, tal como a rinoplastia e pequenas lipoaspirações, são permitidas, mas sempre devem ser feitas com cuidado para não trazer riscos para a saúde do paciente.

A associação da lipoenxertia com a blefaroplastia inferior melhora algo que incomoda muito os pacientes: a transição dos olhos com a bochecha. Por isso, muitos médicos estão optando por essa associação. O Dr. Wulkan tem feito muito essa conduta conjunta pois observa resultados muito naturais. No entanto, devemos sempre lembrar que existe parte de reabsorçao da gordura injetada.

 

rinoplastia estruturadaTÉCNICAS COM CONHECIMENTO DE ANATOMIA

 

Todo cirurgião plástico deve se atentar à anatomia da região da pálpebra inferior. É considerada uma área com potenciais intercorrencias se não forem observadas as condutas de segurança, em especial o cuidado para o formato da palpebra não se distorcer. Por isso, recomenda-se que apenas cirurgião plástico da SBCP realize o procedimento (ou cirurgião/oftalmologista com treinamento órbito palpebral).

Em relação à área em que se coleta a gordura, ainda não se tem consenso se o abdome, joelho, culote ou outra região apresenta a melhor qualidade  de gordura. Assim como na rinoplastia secundaria em que se podem fazer o uso de muitos enxertos e técnicas, o mesmo ocorre nas palpebras: cada caso deve ser avaliado individualmente.

(IMAGENS MERAMENTE ILUSTRATIVAS; NÃO REPRESENTAM PACIENTES REAIS OU TRATAMENTOS OU PROMESSAS DE RESULTADO)